Marketing de conteúdo: a ferramenta de atração de clientes

As estratégias de marketing de conteúdo são utilizadas pelas marcas que você conhece e costuma comprar. Isso acontece porque elas conquistaram sua confiança através de conteúdos que interessam a você. Essas mesmas técnicas podem ser usadas a favor do seu negócio também.

Tudo é questão de relacionamento. Tanto isso é verdade, que todos nós conhecemos alguma empresa que vende muito mais do que as outras do mesmo ramo, não porque tem um produto que se diferencia deles, mas porque gerou um relacionamento com os clientes.

Marketing de conteúdo é relacionamento

Antes de qualquer relacionamento, existe uma troca. A mesma coisa acontece com os clientes: eles precisam ser conquistados, atraídos pelo valor que sua empresa gera pra eles.

É muito melhor, mais prático e mais barato atrair clientes com conteúdo focado em ajudá-los do que ficar repetindo a palavra “compre, compre, compre” a todo instante. Insistir na venda, sem antes mostrar valor, gera muito mais esforços.

Quer ver? Pense em todas as coisas que você comprou nos últimos 15 dias. Agora acesse seu arquivo mental e descubra porquê você escolheu aquelas marcas.

Pra te ajudar a identificar esse padrão de fazer escolhas, cheque essa pequena lista de possíveis motivos:

  • Você já havia comprado dessa empresa antes, ou seja, eles já conquistaram sua atenção uma ou mais vezes;
  • Você não conhecia a empresa, mas depois de pesquisar no Google, acessou o site dela e descobriu o quanto se preocupa com a sua experiência. Percebeu que existe um cuidado com o layout fácil de navegar e descrições de produtos que te ajudaram a fazer boas escolhas;
  • Você conhecia bem a empresa porque ela te ajudou a resolver dúvidas ou problemas no passado através de conteúdos publicados em um blog, por exemplo. Na época, você não havia comprado dela ainda porque não era o momento;
  • Você via os banners dessa empresa passando pela timeline da sua rede social, porque uma vez curtiu aquela página devido a perceber valor nos conteúdos que eles postavam;

Percebe como existia algum tipo de relacionamento com as marcas que você escolheu nas suas últimas compras?

Uma das formas de construir esse relacionamento é justamente investir em marketing de conteúdo, ou seja, o conteúdo focado no cliente.

O marketing de conteúdo existe há mais de 100 anos

The Furrow Marketing de Conteúdo

Se você não atua no agronegócio, talvez não tenha ouvido falar na The Furrow Magazine. Mas o que isso tem a ver com o assunto? Vamos explicar:

A primeira iniciativa de marketing de conteúdo aconteceu em 1895, quando a John Deere criou a revista The Furrow.

O objetivo principal dessa revista não era vender produtos, mas ensinar os agricultores sobre novas tecnologias para o campo e levar informações úteis aos que desejavam aperfeiçoar seus negócios.

A chegada da revista The Furrow teve um enorme impacto no setor agrícola, pois ninguém havia criado algo parecido antes. Agora imagine qual marca o agricultor procurava quando fosse comprar máquinas e implementos?

Essa é fácil de responder, não é? Ele procurava a John Deere, pois a marca se mostrava sempre presente na vida dele através de conteúdos que o ajudavam a melhorar seus negócios e fazer boas escolhas.

Menos de 20 anos após o lançamento, a revista já chegava às mãos de nada menos que 4 milhões de pessoas. Hoje, a The Furrow Magazine tem alcance global e tradução para vários idiomas.

O que restaurantes têm em comum com pneus?

Guia Michelin

Nada… a não ser o Guia Michelin, criado no ano de 1900 pelo francês André Michelin, fundador da marca. A ideia principal do Guia era aquecer o mercado de automóveis e, assim, vender mais pneus.

No começo, o Guia Michelin era distribuído em oficinas, continha dicas para ajudar motoristas na manutenção dos seus carros e também informações sobre hotéis, restaurantes e… onde trocar pneus na região em que o viajante estivesse.

Com isso, o Guia passou a oferecer conteúdo de valor para as pessoas sem a necessidade de mostrar a marca de forma ostensiva (o famoso ‘compre, compre, compre‘ que falamos lá em cima).

Outra grande vantagem do Guia foi aumentar o respeito dos consumidores pela marca e potencializar as vendas. Isso deu tão certo, que foi criado o sistema de estrelas, há mais de 80 anos atrás, e se tornou uma marca registrada do Guia Michelin.

Marketing de conteúdo não é publicar qualquer coisa

Como você viu até aqui, o marketing de conteúdo é uma estratégia para gerar relacionamento entre a sua empresa e o cliente ideal. Qual é seu objetivo então? Vender mais e sempre.

Através do marketing de conteúdo, seu negócio se torna uma autoridade no ramo de atuação e isso gera credibilidade aos olhos do consumidor. Então, evite o erro de produzir qualquer conteúdo só pra encher seu site ou blog de matérias. Se fizer isso, estará usando essa estratégia de forma errada.

É realmente incrível quando as estratégias de marketing de conteúdo começam a trazer os primeiros resultados. Mas pra isso, você precisa pensar sempre nos objetivos finais do seu conteúdo e focar nisso antes de começar a produção.

Esperamos que este conteúdo aqui tenha sido relevante pra você. Se ficou com alguma dúvida, deixe um comentário pra gente te ajudar. Até a próxima!

Este post tem 2 comentários

Deixe um comentário