Não importa qual seja o seu nicho na internet, se você possui uma loja virtual, saiba que entender como aplicar técnicas de SEO corretamente é parte fundamental para que o seu e-commerce venda e alcance sucesso. Mas quais são essas técnicas? Abra o seu bloco de anotações e confira logo abaixo:

O que é SEO para e-commerce? 

Primeiro de tudo, vamos compreender do que se trata exatamente o SEO para e-commerce, e porque ele é tão importante assim.

Antes de começar na jornada virtual que envolve as técnicas de SEO, é preciso entender que tal como qualquer outra ferramenta da internet, como as redes sociais e o próprio Google, o SEO, seja para e-commerce, sites ou blogs, está em constante mudança. 

Afinal, o comportamento do consumidor não para de avançar, e estar conectado significa estar também, antenado ao que o usuário deseja conforme as tendências surgem ou desaparecem.

Dessa forma, deve-se ter em mente desde o princípio, que aplicar técnicas de SEO demanda esforço, mas principalmente, comprometimento e muito estudo.

Sabendo disso, o SEO para lojas virtuais se trata basicamente das otimizações incluídas em um e-commerce para que este alcance resultados orgânicos, ranqueie entre as páginas de maior visibilidade no Google e atraia mais clientes em potencial, através de um bom trabalho de branding e claro, priorizando a experiência do usuário, como já citamos aqui no blog da Rankeeamos.

Mas por onde começar, diante da imensidão de possibilidades de SEO que o próprio Google oferece? Vem saber mais sobre os algoritmos, as principais etapas de otimização e como eles podem ajudar o seu negócio:

Pirâmide de SEO e as etapas de otimização 

Antes de tomar qualquer decisão com relação ao SEO, é interessante saber quais as características da sua área de atuação e seus objetivos com relação ao seu negócio. Assim, torna-se mais fácil traçar uma estratégia de SEO que seja mais assertiva.

O próximo passo é entender mais sobre as 3 principais etapas que envolvem a otimização, e a pirâmide em que elas se encontram inseridas:

Técnicas de SEO para e-commerce

Entenda mais sobre cada uma das etapas da pirâmide de SEO, a seguir:

Etapa 1: SEO Técnico

Tudo começa com o SEO Técnico, conhecido como a base da pirâmide.

A partir daqui, é necessário entender como o algoritmo do Google trabalha para posicionar os sites de acordo com os resultados de busca, com um processo chamado indexação, que é dividido em 3 partes: o rastreamento, o armazenamento de dados e a classificação de sites.

Assim, para que seu site seja indexado apropriadamente e apareça mais, a parte técnica dele deve estar de acordo com o que o algoritmo espera.

Neste ponto, vale prestar atenção nos pequenos detalhes que fazem a diferença na estrutura técnica do seu e-commerce, o que inclui os possíveis e tão temidos erros técnicos ou bugs. Esteja atento(a) aos seguintes pontos:

URLs

A URL ou endereço eletrônico de um site deve ser seguro, confiável,curto e simplificado, pois além de conter o nome da marca, leva consigo também informações adicionais como o assunto principal de uma página.

Título e meta-descrição

O título e a meta-descrição de um site são o seu principal cartão de visita, pois representam o primeiro resquício o qual o visitante possui acesso, ainda nos resultados de busca, antes mesmo do design ou do conteúdo da página.

Por isso, é essencial torná-los o mais atraente possível, com chamadas diretas e que despertem a curiosidade.

Heading Tags

A hierarquização já dentro da página também é um detalhe importante, e que pode passar muitas vezes despercebido. 

Sua importância se dá, pois através dos marcadores utilizados nos títulos (H1, H2 e H3, por exemplo), o algoritmo é capaz de compreender com mais clareza o conteúdo dentro de uma página, e assim ranqueá-lo de acordo com sua relevância.

Imagens 

Os cuidados com as imagens dentro de uma página de e-commerce também são fundamentais, principalmente no que diz respeito a produtos. 

É interessante mantê-las com qualidade de resolução, com os tamanhos sempre abaixo dos 100 kb e não se esquecer de dar uma boa descrição a elas.

Dados Estruturados

Dados estruturados conhecidos como Schema.org, responsáveis pela exibição de pequenos fragmentos de um conteúdo no topo dos resultados de busca por algum termo, o que ajuda um site a se tornar referência e complementam seu posicionamento, também funcionando como um cartão de visitas.

Velocidade de carregamento

Na busca pelas respostas esperadas, o visitante espera agilidade, e se o seu e-commerce não acompanhar essa expectativa por rapidez, ele pode acabar ficando para trás. 

Com isso, a velocidade de carregamento de uma página pode ser o diferencial entre a retenção ou não de clientes. Sabendo disso, vale a pena estar atento às mais recentes métricas do Google, LCP, CLS e FID.

Sitemap.xml

Já o sitemap.xml trata-se do arquivo que armazena todas as URLs de um site. De maneira simplificada, é o mapa que os robôs analisam caso o SEO Técnico de uma página não esteja correto.

Tag Canônica

Tag responsável pela geração de diferentes URLs dentro de um mesmo site (como ao procurar produtos por categorias), evitando que ocorram bugs.

Agora que você já entende um pouco mais sobre a parte técnica que dá base a pirâmide do SEO, está na hora de focar na etapa que por muitos pode ser considerada a mais importante: a do conteúdo.

Etapa 2: Conteúdo

Ao cuidar da parte técnica – que a essa altura, já percebemos que não é tão simples – chega o momento de colocar de fato a mão na massa e focar no conteúdo, que representa o centro da pirâmide de SEO que deve nortear seu e-commerce.

No caso do SEO para lojas virtuais, a noção de conteúdo pode ficar meio nebulosa, já que, por vezes, estamos acostumados a associar conteúdo à entretenimento e formas de distração, por exemplo. 

No entanto, no nicho dos e-commerces, conteúdo não significa necessariamente entretenimento, mas sim informação de qualidade, o que significa oferecer ao usuário exatamente aquilo que ele está procurando, seja produto ou serviço. 

Este é o momento de fazer com que o visitante tome a decisão de compra, então, muita atenção, pois qualquer erro pode ser fatal para o seu negócio!

Dentre os pilares que compõem o conteúdo de uma loja virtual, estão:

Descrição dos produtos 

Lembra-se quando dissemos que a aplicação de técnicas de SEO no seu e-commerce demanda muito estudo? Pois é, ao anunciar um produto, é preciso ter em mente o público-alvo deste o produto e ir além. 

Afinal, você sabe quem está procurando pelo seu produto? Quais motivos levam essa pessoa a querer/precisar deste produto? Por que o seu cliente deve realizar a compra na sua loja? Quais possíveis dúvidas seu cliente pode ter a respeito do produto ou do processo de compra?

Prepare-se para responder todas essas perguntas, e vale demandar uma atenção especial para a parte textual do seu site, principalmente a descrição de cada um dos produtos que você oferece, e não se esqueça do uso de palavras-chave aqui também.

Faça uma descrição tão boa e completa, que não permita restar dúvidas e ainda leve o cliente a concluir a compra. 

Textos de apoio

Nessa categoria, entra a parte textual presente nas extremidades da página, e podem auxiliar ainda mais o consumidor em potencial, como no rodapé ou nas laterais.

Conteúdo multimídia

Incluir vídeos de vários ângulos do mesmo produto, com explicações e demonstrações sobre como utilizá-lo, vai além do uso de imagens que já são tão comuns, e pode destacar o seu negócio frente à concorrência. 

Muita cautela aqui, pois é preferível imagens em alta resolução e que vão direto ao ponto, ou seja, mostrem claramente o produto, do que imagens e vídeos cheios de informação e cores, que sejam visualmente bonitos, mas que não elucidem possíveis dúvidas do comprador. Menos é mais!

Avaliações

Se atualmente estamos na era dos influenciadores digitais e da facilidade de pesquisa, a reputação do produto que você oferece, assim como do próprio e-commerce, conta muito na hora da compra.

Afinal, que atire a primeira pedra quem nunca pesquisou sobre as variáveis de qualidade de um produto ou procurou pela opinião de algum comprador anterior antes de tomar a derradeira decisão. 

Com isso, certifique-se que o produto que você está vendendo atende todas as expectativas do cliente em potencial e encoraje-o a deixar sua opinião sobre o produto no site, através de comentários ou avaliações qualitativas. Essa ferramenta pode ser uma potente aliada no momento de reter mais clientes.

Meios de pagamento

Por fim, mas não menos importante, esteja atento às formas de pagamento disponíveis no seu site, e se as mesmas podem ser encontradas com facilidade tão logo o visitante acessa a sua página.

O ideal é que as opções de pagamento sejam diversificadas e simplificadas – hoje já é possível pagar quase tudo através do PIX, por exemplo, então por que não incorporá-lo ao seu negócio? – e estejam logo à vista.

Etapa 3: UX (User Experience ou Experiência do Usuário)

A terceira e última etapa, a qual já falamos aqui na Rankeeamos, é o UX ou Experiência do Usuário, que complementa os pontos anteriores e fecha a pirâmide de SEO.

Pode-se dizer que a experiência do usuário trata-se de uma consequência da correta aplicação do SEO Técnico e do bom conteúdo, sendo o último estágio a qual o cliente passa antes de concluir a compra. 

Porém, por ser a última etapa, ela é justamente a mais importante, e não pode de maneira alguma ser ignorada ou inferiorizada.

Afinal o visitante pode se sentir seguro ao acessar o seu e-commerce, se deparar com belas imagens e descrições, porém se a experiência dele ao entrar na loja pelo celular for ruim, ou ele for bombardeado com anúncios difíceis de serem fechados, a compra não se concretiza, e o pior: ele sai frustrado da experiência, o que o impede de dar uma segunda chance.

Por isso, a experiência do seu usuário é tão importante, e depende diretamente dos itens anteriores.

Aproveite para ler também:

Abandono de carrinho: como está a experiência do usuário no seu e-commerce?

Na parte referente ao conteúdo de um e-commerce, falamos sobre a importância e a diferença que boas descrições podem fazer. 

Além da possibilidade de tirar dúvidas, o grande poder por trás do SEO de produtos é mostrar em poucas – porém boas – palavras o diferencial de um item e persuadir o consumidor a adquiri-lo. 

Assim, se um gestor negligencia a parte escrita do seu e-commerce, com certeza a experiência do seu usuário será afetada, e consequentemente, os resultados do seu negócio também.

Saiba em poucos passos, como produzir um SEO de produtos capaz de melhorar as vendas online:

Produza um conteúdo autêntico

Você já parou para pensar por que um consumidor está mais inclinado a escolher a marca A do que a marca B?

Se você pensou na palavra “diferencial”, acertou. 

E engana-se quem acha que o diferencial está apenas num design atraente, mas como já destacamos, trata-se de um conjunto de técnicas bem aplicadas, e descrições realmente autênticas, o que quer dizer, produzir textos próprios e não simplesmente copiá-los de algum lugar da internet, mas mais uma vez, utilizar da pesquisa para fazer algo que combine com a sua marca. Preze pelo autêntico!

Prepare-se para as possíveis dúvidas do usuário e tenha as respostas

Aproveitamos para destacar novamente a importância de se responder prontamente todas as possíveis dúvidas do usuário, seja colocando-se no lugar dele ou dando uma olhadinha na concorrência para saber o que as pessoas esperam de um determinado produto. 

Uma boa resposta pode ser o gatilho que levará o seu cliente a clicar em “comprar” e ainda, voltar ao seu e-commerce depois.

Aposte no copywriting

Apostar na escrita persuasiva, utilizando de técnicas de copywriting, como despertar emoções e investir no storytelling (contar histórias) pode ser outro diferencial da sua loja, valorizando mais uma vez, a experiência do usuário.

Conte com a ajuda de um profissional especialista em SEO

Agora que você sabe praticamente tudo envolvendo técnicas de SEO para e-commerce, o que acha de começar a aplicá-las corretamente no seu negócio?

Nós da Rankeeamos podemos te ajudar, contamos com a experiência de mais de 10 anos no mundo do SEO, buscando e trazendo sempre os melhores resultados para nossos clientes. Fale com a gente!

Ficou com alguma dúvida sobre técnicas de SEO para lojas virtuais? Comente abaixo! 🙂

Mariana Oshima

Publicitária, apreciadora de boas histórias e escritora de corpo e alma. Apaixonada por livros, e mais apaixonada ainda pela possibilidade de tocar as pessoas com as palavras, trazendo informação e um conteúdo de valor. [Guest Author]

Deixe um comentário